Quarta, 01 de Dezembro de 2021
30°

Pancada de chuva

Ubá - MG

Saúde Vacinação

Secretaria de Saúde reduz para cinco meses prazo de dose reforço contra Covid-19, em MG

O objetivo é que a população idosa fique imunizada o quanto antes para evitar óbitos

12/11/2021 às 16h26 Atualizada em 23/11/2021 às 10h27
Por: Redação Fonte: Rádio Itatiaia
Compartilhe:
Imagem Ilustrativa (Reprodução Internet)
Imagem Ilustrativa (Reprodução Internet)

O prazo para aplicação da dose reforço da vacina contra a Covid-19 foi reduzido para cinco meses. A deliberação foi publicada no Jornal Minas Gerais nesta sexta-feira (12). Antes, o prazo era de seis meses.

Aprovada pela Comissão Intergestores Bipartite, composta por representantes da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e dos municípios, a decisão foi anunciada pelo secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, nesta sexta, 12 de novembro.

“Nós avaliamos o cenário e, tendo em vista a preocupação com o público idoso, que precisa do reforço, implementamos a redução desse prazo para cinco meses. Isso faz com que muitas pessoas, sobretudo aquelas que tomaram a vacina da AstraZeneca, por conta do intervalo maior para a segunda dose desse imunizante, possam tomar o reforço ainda este ano. É uma medida que deve contribuir para que seja ampliada a proteção a essas pessoas”, disse o secretário.

A estratégia tem como objetivo evitar o aumento no número de óbitos da população idosa. “A expectativa é concluir o reforço em todo o público prioritário no começo de 2022, em janeiro ou fevereiro. Mas, para isso, as pessoas devem buscar a dose de reforço”, explicou.

Durante coletiva, o secretário pediu ainda que a população com a segunda dose da vacina em atraso procure o mais rápido possível uma unidade de saúde. “Quem não tomou a segunda dose, que busque essa vacinação. O esquema completo é necessário para garantir a proteção contra a doença. Com cada um fazendo sua parte, poderemos ter mais condições de retorno à normalidade”, comentou Baccheretti.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias