Terça, 18 de Junho de 2024
28°

Tempo limpo

Ubá, MG

Trabalho & Carreira Oportunidade

Ubá está entre as cidades contempladas com o programa de capacitação profissional do Governo de Minas

Minas Forma oferecerá cursos para pessoas em situação de vulnerabilidade social; primeiras vagas são direcionadas aos setores turismo, comércio e cultura, na área de serviços, visando geração de emprego e renda para os mineiros.

20/05/2024 às 15h55 Atualizada em 24/05/2024 às 16h36
Por: Redação Fonte: Governo de Minas
Compartilhe:
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Governo de Minas lançou, nesta segunda-feira (20), o Programa Minas Forma, iniciativa pioneira desenvolvida para oferecer cursos gratuitos de formação profissional a pessoas em situação de vulnerabilidade social e Ubá, está entre os municípios que serão contemplados na primeira fase do programa.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG) é responsável pelo desenvolvimento do Minas Forma, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac em Minas), que pertence ao Sistema Fecomércio MG.

O programa terá início com a disponibilidade 8,1 mil vagas, divididas em 356 turmas, distribuídas em 101 municípios Minas Gerais. Nesta fase, as vagas oferecidas serão para os setores de Turismo e Cultura, com foco no comércio e serviços, com apoio da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult-MG).

Os cursos são práticos, com carga horária que varia entre 35 horas/aula e 100 horas/aula, e os estudantes regularmente matriculados serão beneficiados com o pagamento de bolsa-auxílio.

Os valores variam entre R$ 210, para as turmas de 35 horas, e R$ 600, para as turmas de 100 horas, quitados mediante presença regular em sala de aula.

Com formações de curta duração voltadas para conteúdos práticos de ofício, e desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais, o programa visa permitir a preparação dos beneficiários para o mercado de trabalho e exercício da autonomia, por meio da ampliação de oportunidades de trabalho e geração de renda. Os cursos de formação profissional serão oferecidos pelo Senac, conforme contrato.

O cronograma das turmas foi definido pelo Senac e a Sedese-MG é responsável pela mobilização dos municípios contemplados e do público prioritário para formação das turmas.

Os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) de cada município contemplado ficarão responsáveis pela mobilização do público interessado em se formar por meio da capacitação e lideranças locais e instituições parceiras também poderão encaminhar novos alunos para matrícula.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias