Terça, 18 de Junho de 2024
28°

Tempo limpo

Ubá, MG

Cidade Cidade

Governo de Minas e Prefeitura de Ubá firmam protocolo de intenção para municipalização da Casa de Saúde Padre Damião

Com essa iniciativa, todos os serviços atualmente oferecidos pela CSPD serão mantidos, garantindo a continuidade do atendimento aos pacientes ex-hansenianos e aos que necessitam de cuidados prolongados.

10/06/2024 às 11h27 Atualizada em 14/06/2024 às 16h26
Por: Redação Fonte: Secretaria de Estado de Saúde
Compartilhe:
SEE-MG / Divulgação
SEE-MG / Divulgação

Referência na linha de cuidado voltada para pacientes ex-hansenianos e como Unidade de Cuidados Prolongados (UCP) para a macrorregião de Ubá, a Casa de Saúde Padre Damião (CSPD), da rede Fhemig, entra em fase de transição para a transferência da gestão dos seus serviços para o município.

A formalização da intenção de cooperação mútua foi firmada, na última sexta-feira (7/6), com a assinatura da presidente da Fhemig, Renata Dias, do secretário municipal de Saúde, Ricardo Antônio do Nascimento, do secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Fábio Baccheretti, e do prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho.

Todos os serviços que a CSPD oferta atualmente serão mantidos com a municipalização, e os servidores estaduais continuarão com a folha de pagamento no Estado. “Temos nove hospitais da Rede Fhemig, mas as condições para municipalizar são únicas aqui em Ubá, o que se torna uma grande oportunidade para o município. Estamos garantindo o funcionamento dos serviços prestados hoje, como os de cuidados da hanseníase, porém, proporcionamos que a unidade se integre melhor ao desenho da rede hospitalar local, em que tem o perfil de trabalho de cuidados prolongados, que vai ser mantido e melhorado”, explicou Fábio Baccheretti.

Ubá assumiu recentemente a gestão de seus prestadores de média e alta complexidade. Assim, a inserção da CSPD fortalece a rede municipal, contribuindo para uma estruturação mais conectada. A inclusão do hospital torna a assistência mais próxima ao usuário - garantindo, assim, melhor acessibilidade aos serviços, um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS).

“É um ganho excelente para Ubá a municipalização da Fhemig, com estrutura física ampla e recursos humanos de excelência”, destacou Edson Teixeira, prefeito de Ubá, ressaltando mais investimentos do Estado na Saúde local. “Recebemos recursos estaduais para a construção de três novas unidades da Estratégia Saúde da Família. Estamos em fase final de licitação e a construção será imediata e muito rápida, em estilo steel frame, contemplando os bairros Cibraci, Solar e São João”, ressaltou o prefeito, explicando que a modalidade construtiva é a mesma utilizada na formação do Centro Administrativo, inaugurado em outubro de 2023.

A Casa de Saúde Padre Damião ampliou em 300%, em outubro do ano passado, sua oferta de leitos de cuidados prolongados. Atualmente, são 40 leitos na UCP para pacientes que precisam de maior tempo de internação hospitalar e reabilitação, com sequelas decorrentes de problemas clínicos (como acidente vascular cerebral - AVC), pós-cirúrgicos ou vítimas de traumas graves.

“Padre Damião se consolidou definitivamente como referência na linha de cuidados para os pacientes ex-hansenianos e, ainda, como hospital especializado em cuidados prolongados. Essa equipe oferece um tratamento qualificado e humanizado, com bons resultados na reabilitação desses pacientes. E esse trabalho busca devolver, dentro das possibilidades, a qualidade de vida, a dignidade e autonomia na rotina das pessoas aqui atendidas”, destaca a presidente da Fhemig, Renata Dias.

Por não estar localizado em uma macrorregião, a Casa de Saúde Padre Damião (CSPD) não possuía vocação para se tornar um hospital regional, como relata Adelton Andrade Barbosa, diretor da CSPD. “Mas a importância da unidade a nível regional é muito grande e, por isso, essa municipalização é benéfica”. Recentemente, os leitos de cuidados prolongados foram ampliados de 10 para 40, atendendo à política do Ministério da Saúde. “Ubá recebe um hospital que está trilhando o caminho de uma vocação de valor imenso para atender às demandas da região e junto ganhou estrutura física e recursos humanos com potencial para fortalecer e ampliar o atendimento da população”, acrescentou Adelton.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
RenatoHá 1 semana UbáAguardo posicionamento do poder legislativo de Ubá!
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias