Terça, 16 de Julho de 2024
25°

Tempo nublado

Ubá, MG

Economia Coluna-Paulo Marcos

Como ter receitas recorrentes, vendendo mais para os mesmos clientes

A geração de receitas é o que permite às empresas se manterem competitivas no mercado, financiar novas oportunidades de negócio e garantir a remuneração justa aos seus colaboradores

26/06/2024 às 15h40 Atualizada em 04/07/2024 às 15h08
Por: Fabiano Fusaro
Compartilhe:
Paulo Marcos - Contador, Consultor Tributário e diretor proprietário da PMR ASSESSORIA
Paulo Marcos - Contador, Consultor Tributário e diretor proprietário da PMR ASSESSORIA

As receitas são vitais para a sustentabilidade e o crescimento das empresas, funcionando como o oxigênio que mantém as operações em andamento. Sem um fluxo constante de receitas, as empresas não conseguem cobrir suas despesas operacionais, investir em melhorias ou inovar em seus produtos e serviços.

A geração de receitas é o que permite às empresas se manterem competitivas no mercado, financiar novas oportunidades de negócio e garantir a remuneração justa aos seus colaboradores. Portanto, a busca por fontes de receita diversificadas e robustas é essencial para a saúde financeira e a longevidade das organizações.

As receitas recorrentes desempenham um papel crucial nessa equação, especialmente para prestadores de serviços que buscam estabilidade e previsibilidade financeira. Receitas recorrentes são aquelas geradas de maneira contínua e previsível, como assinaturas mensais, contratos de manutenção ou serviços contínuos. Por exemplo, empresas de software que oferecem modelos de assinatura SaaS (Software as a Service) beneficiam-se enormemente desse tipo de receita.

Esses modelos permitem uma base de receita estável que facilita o planejamento financeiro, a gestão de caixa e a capacidade de escalar os negócios sem a incerteza das vendas únicas. As receitas recorrentes também proporcionam uma relação mais próxima e contínua com os clientes, aumentando as oportunidades de engajamento e satisfação.

Para maximizar as receitas e fortalecer as parcerias comerciais, as empresas devem focar em estratégias que incentivem os clientes atuais a comprar mais. Aumentar as vendas para os mesmos clientes não apenas eleva as receitas, mas também solidifica a lealdade e a satisfação do cliente. Isso pode ser alcançado através de upselling, onde produtos ou serviços premium são oferecidos, ou cross-selling, que promove produtos complementares.

Além disso, entender as necessidades e preferências dos clientes permite a personalização das ofertas, tornando-as mais atraentes e relevantes. Estabelecer programas de fidelidade, oferecer descontos exclusivos e manter um excelente atendimento ao cliente são práticas que fortalecem a relação comercial e incentivam os clientes a continuar investindo na empresa, gerando um ciclo virtuoso de crescimento e fidelização.

No caso da nossa empresa, um escritório contábil com foco no digital e consultivo, o que fez muito sentido foi oferecer também a certificação digital pois isto além de ser cada vez mais necessário para os processos governamentais, ajudam os clientes a resolverem todas suas necessidades no mesmo lugar ou anexo a quem já está conduzindo boa parte do processo. 

Se precisar de ajuda nisto, me avise! 

Abraço, 
Paulo Marcos Marques Roque
@paulomarcoscontador
@pmrassessoria
@pmr.business

"Contabilidade: Sucesso em cifras!"

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias