Edson Chartuni anuncia secretários de governo para a gestão 2017/2020

15/12/2016

O prefeito eleito, Edson Chartuni, e o vice-prefeito, Vinícius Sâmor, anunciaram os secretários de governo para a gestão 2017/2020 da prefeitura Municipal de Ubá, em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (15).

 

Sendo:

André Resende Padilha Chefe de Gabinite

Mônica Vallone Espósito Marchi Secretária de administração

Vicente de Paula Pinto Secretário de Ambiente e Mobilidade Urbana

Flávio Monteze Secretário de Desenvolvimento Social

Maria Elizabeth Barros Secretária de Educação

Cícero Mateus de Oliveira Secretário de Finanças

João Gomes Júnior Secretário de Obras

Eliana Celeste Menezes Corbelli Vaz Secretária de Planejamento e Desenvolvimento Econômico

Dulcineia Thinassi Perini Secretária de Saúde

Eduardo Rinco Procurador Jurídico

E o vice-prefeito Vinícius Sâmor  Secretário de governo e Secretário de Cultura, Turismo e Lazer.

 

 Segundo o prefeito Edson, as duas secretarias, assumidas pelo vice-prefeito, vão representar uma economia de R$1 milhão ao cofre municipal no final dos quatros anos de gestão. “Desde o início da campanha, foi bem claro que nós teríamos uma atuação conjunta, prefeito e vice-prefeito trabalhando juntos e com certeza essas duas pastas vão ter o atendimento normal que elas merecem,” completou.

 

O vice-prefeito, Vinícius Sâmor, disse que a proposta deles é fazer uma administração diferente, com prefeito e vice-prefeito trabalhando e administrando juntos, e ainda envolvendo a população ubaense nas tomadas de decisão.

 

Primeiro é uma proposta que a gente sabe que é necessária de fazer para corte de gastos, economizando esses dois salários de secretários. E a nossa proposta é fazer com que, não só essas duas pastas, mas que as demais secretarias municipais possam realmente tomar suas decisões em comum acordo com as pessoas. Hoje, a maior crítica que nós temos da população é que ela só é consultada de quatro em quatro anos, na época de eleição. Então, queremos construir com as pessoas, interagir, chamar essas pessoas para dentro da prefeitura, para os bairros, para as rodas de conversa a partir do dia dois de janeiro, para que possam contribuir efetivamente nas tomadas de decisões”, explicou.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS