Servidores se reúnem para avaliar proposta de recomposição salarial da prefeitura

19/01/2017

 

Nesta quinta-feira (19), servidores públicos de Ubá se reúnem em assembleia para avaliar a proposta de recomposição salarial oferecida pela prefeitura. O encontro acontece no Sindicato dos Marceneiros, onde os servidores vão decidir em votação se aceitam ou não o reajuste sugerido.

 

A proposta de recomposição salarial foi apresentada aos servidores pelo atual prefeito, Edson Teixeira Filho, em reunião realizada na última terça (17). Participaram do encontro, o vice-prefeito, Vinícius Samôr, representantes da Associação dos Servidores, do Sindicato dos Servidores de Ubá e das Comissões de Reajuste e Greve.

 

Edson explicou aos servidores a realidade financeira do município e destacou que “o momento não permite que façamos nenhum reajuste além da inflação”. O chefe do Executivo apresentou a proposta de reajuste, que considera dois índices. O primeiro percentual representa o reajuste aplicado ao salário base de 2015, corrigido com a inflação oficial de 10,67%. Este será aplicado a partir de janeiro de 2017. Já o segundo índice, que será aplicado a partir de julho deste ano, representa o reajuste de 2016 para 2017, também de acordo com a inflação oficial, que foi de 6,29% em 2016.

 

Caso a proposta seja aprovada pelos servidores, a Câmara Municipal deverá ser convocada em regime extraordinário, para fazer a avaliação.

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS