Utopia, cinquentinhas e prestação de contas que não aconteceu. Reunião da Câmara

21/03/2017

  Na reunião da Câmara Municipal nesta segunda-feira (20), quem esteve presente no plenário, foi o ex-prefeito Vadinho Baião. Vadinho foi à Câmara  a convite do vereador Antero Aguiar, para prestar esclarecimentos sobre as contas da gestão anterior. Porém, o não comparecimento do contador da Prefeitura, Marcelo Correia Paiva, por alegação de ter tidos compromissos agendados anteriormente, fez com que o fato não fosse possível. 

 

O vereador Pastor Darci explicou que a casa fez o convite ao ex-prefeito e ao contador, mas por motivo de agenda não foi possível a presença de Marcelo e Vadinho veio mesmo assim. O vereador disse ainda que quando for possível coincidir a agenda dos dois será marcada outra ocasião pra os questionamentos.

 

Entre as indicações dos vereadores, pedido para a colocação de mais seis redutores de velocidade em diversos pontos das vias da cidade. Nos debates, em uma de suas solicitações, a vereadora Jane Lacerda, propôs uma nova alternativa de transporte para quem faz tratamento contra o câncer fora do domicilio de Ubá.

 

 "Eu recebi uma carta de uma paciente que precisou ir a Juiz de Fora e permaneceu na cidade das 8 da manhã até às 20 horas. Ela relatou que às 11 horas poderiam ter retornado, mas uma pessoa precisou ficar pra receber tratamento de quimioterapia. Eu proponho uma alternativa, uma ambulância ou mesmo uma passagem para essa pessoa que precisou ficar até mais tarde", disse a legisladora.

 

A vereadora pediu ainda que os demais vereadores à acompanhassem até Belo Horizonte, no dia 22 de maio, para tratarem no Detran, sobre os assuntos das chamadas “cinquentinhas”

 

"Queremos questionar o porque na negação da "ACC" (Autorização para Conduzir Ciclomotor) no estado de Minas, pois aqui não é emitido. E buscar junto ao Detran uma solução quanto aos condutores, que em parte não sabe ler e escrever, o que impossibilita tirar o documento. Pretendemos fazer parcerias para alfabetizar os que quiserem para que possam ter condições de tirar o documento" disse.

 

O vereador Edeir Pacheco questionou o fato de um ônibus escolar que foi pedido e liberado ao município ainda não ter chegado à cidade. " No dia 20 de janeiro fiz uma solicitação ao subsecretário do Governo estadual Luis Gustavo Riani, solicitando um ônibus escolar para o município. Em 3 de fevereiro recebo o documento liberando o veículo restando apenas a Prefeitura de Ubá providenciar os documentos necessários, assinar o termo de posse e buscar o veículo. Sendo assim eu questiono o executivo pra saber porque o veículo ainda não chegou", disse.

 

Outra questão que gerou polêmica na reunião foi a questão dos funcionários terceirizados da Prefeitura pela empresa Utopia. De acordo com o vereador José Roberto a empresa está atrasado o pagamento dos salários dos trabalhadores, porém o repasse da Prefeitura segue em dia. O vereador é a favor que seja chamado um representante da empresa Utopia à Reunião da Câmara para esclarecimentos.

 

"Dia 31 de março vence o contrato com a empresa e por isso a Prefeitura terá que abrir um processo licitatório, enquanto isso a Utopia segue ganhando dinheiro da Prefeitura e não pagando ou atrasando os salários e ou benefícios dos trabalhadores", disse.

 

 

 

Já o vereador Edeir Pacheco disse que não compete a Câmara Municipal fazer a cobrança a Utopia e sim a Prefeitura já que foi o executivo que firmou o contrato.

Com informações do Programa Conexão Líder

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now