Minas tem 93 cidades em estado de emergência pela falta de água

22/09/2017

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, Marcus Vinícius Polignano, afirmou, aos deputados da Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que 93 municípios mineiros estão em estado de emergência pela falta de água, o que significa dizer que cerca de 937 mil pessoas são atingidas pela seca no Estado.

 

O alerta foi feito em audiência pública realizada na manhã desta quinta-feira (21/9/17).

Para ele, a crise é hídrica, mas o problema é de gestão. Ele defendeu que o Estado crie políticas públicas de gestão águas como forma de enfrentamento. “A chuva não basta, uma vez que as nascentes, as áreas de recarga e áreas verdes estão se perdendo”, ponderou.

 

 

O Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) reconhece dificuldades, mas garante apoio aos comitês. Clarisse Dantas reconheceu que existem entraves para o acesso aos recursos do Fundo de Recuperação, Proteção e Desenvolvimento Sustentável das Bacias Hidrográficas do Estado (Fhidro).

 

O Igam entende que os comitês precisam ser fortalecidos para o enfrentamento da crise hídrica, mas reconhece que ainda existem entraves para o acesso aos recursos do Fhidro.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now