Apaixonada por leitura, ubaense de 9 anos escreve e lança livro

27/04/2018

 

Fascinada por leitura desde os primeiros anos de vida, a pequena Daniele Moreira Rachid, filha da médica Fernanda Moreira e do dentista Santiago Rachid, surpreendeu a família ao escrever o primeiro livro infantil aos 9 anos. De acordo com a autora, o livro convida o leitor a embarcar numa história mágica de um coelho “diferentão”. Temas como bullying e amor ao próximo são retratados de forma simples e de fácil interpretação. “Seria mais um dia normal de páscoa se não fosse a curiosidade das quadrigêmeas de 9 anos, personagens dessa aventura”, relata.

 

A menina, que estuda no Colégio Sagrado Coração de Maria, em Ubá, conta como surgiu a ideia de escrever um livro. “Isso partiu da minha criatividade e imaginação. Eu comecei escrevendo um conto e vi que tinha talento, então continuei e escrevi muito mais”.

 

De acordo com a mãe, a ideia da produção do livro surgiu durante uma viagem. “No final do ano passado estávamos viajando e a Dani começou a ler no carro para nós; quando dei conta, era a história do livrinho! Achei lindo, fantástico e fiquei muito admirada com o conteúdo do texto, pontuação, princípio, meio e fim, a narração da história, afinal, ela é muito nova, tinha acabado de fazer 9 anos; então falei pra ela que iria publicar em forma de livro”. Fernanda salienta o fato da filha ter participado de cada detalhe do pré-lançamento. “Depois de muito trabalho, principalmente para ela, pois além de ter feito o livro, ela participou de tudo”.

 

_______________________________________________

 

Sinto que vou poder mudar o mundo infantil e fazer com que todos fiquem mais ligados ao maravilhoso e fantástico mundo da leitura e escrita! Sei que posso trazer pessoas para esse lado legal e maneiro com muitos livros - que em breve, lançarei!"

______________________________________

 

A respeito do processo do livro, a mãe fala sobre o modo como a filha escreveu e cita alguns responsáveis para que a ideia de lançamento saísse do papel. “A Dani escreveu tudo num caderninho - que ela não gosta que ninguém mexe e, depois, ela ditou para eu digitar. Neste processo, ela fazia algumas pequenas modificações, pois ela é muito perfeccionista. Para que o livro criasse vida, muitas pessoas foram envolvidas, como os bisavós da Dani, Moreira e Pompéa que a incentivaram muito desde o início, a vovó Ângela, que está sempre ao seu lado, e eu e o pai dela, Santiago. Não medimos esforços para este projeto ganhar vida”.

 

Ela ainda conta sobre o processo de propagação. “A divulgação está por conta de duas pessoas maravilhosas, o Vitor, meu primo, que além de publicitário, é o responsável por todo o projeto e confecção do livro e o Dan, que é o assessor de imprensa dela - ambos de Juiz de Fora. A Paula, ilustradora, a Duda, que corrigiu o texto e muitos amigos que abraçaram a ideia e sempre nos incentivou”, completou Fernanda.

 

Após muita dedicação, no dia 21 de abril, o livro foi pré-lançado, com direito a sessão de autógrafos. Cerca de 200 convidados estiveram presentes ao evento que contou com coquetel, música ao vivo e leitura da história. ”Foi muito bom lançar esse livro, eu adorei! A noite de autógrafos foi ótima, mais do que especial pra mim. Um sonho que se tornou realidade”, afirmou a jovem escritora. Daniele diz ainda que outros livros virão por aí. “Essa é a primeira obra pronta, porém, já escrevi vários, estão todos guardados e pretendo escrever mais, muitos outros textos estão no meu bloquinho”.

 

 

 

O livro ainda terá lançamento oficial em outras cidades como Juiz de Fora e Rio de Janeiro. Para entrar em contato com a escritora ou adquirir um livro acesse o perfil no  facebook.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now