Policial civil executa ex-namorada e se mata em Belo Horizonte

16/05/2018

 

 

Na manhã desta quarta feira (16) uma secretária do vereador Jerson Braga Maia, o Caxicó (PPS), foi morta a tiros dentro do gabinete do parlamentar na Câmara Municipal de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia, o autor dos disparos, Cláudio Roberto Weichert de Passos, é um escrivão da Polícia Civil.

 

Testemunhas apontaram um relacionamento amoroso anteriormente entre os dois. Segundo informações repassadas pela assessoria de imprensa da Câmara, a vítima, Ludmila Leandro Braga, de 27 anos, já estava trabalhando quando foi assassinada. 

Gabriel entrou pela porta principal da Câmara, mostrou a carteira que constava o registro de escrivão da Polícia Civil e conseguiu entrar armado no prédio, visto que não há detector de metais no local. Após tirar uma foto e passar pela roleta, o autor entrou no gabinete do vereador Caxicó, onde Ludmila estava sozinha e foi morta com quatro tiros por volta de 9h. A arma usada no crime é uma pistola de calibre 40. 

 

Após matar a secretaria, mãe de duas filhas, o policial civil atirou contra a própria cabeça e foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que o levou até a Prefeitura de Contagem - onde o helicóptero Arcanjo do Corpo de Bombeiros já o aguardava para encaminhá-lo a um hospital da cidade, ainda não divulgado.

 

O vereador Caxicó, para quem a vítima trabalhava, informou via assessoria de imprensa que vai se pronunciar por meio de nota. E, devido ao crime, o presidente da casa do legislativo decretou luto por três dias; o prédio da Câmara foi evacuado e o quarteirão isolado. O expediente foi suspenso. 

A Polícia Civil de Minas Gerais informou em nota que o assassinato da secretária ficará sob a responsabilidade da Delegacia de Homicídios em Contagem.

 

(FONTE: Portal Hoje em Dia).

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS