A Batalha do Segundo Turno em Minas e a surpresa Zema

09/10/2018

Representantes dos candidatos falam, com exclusividade, da campanha e o que esperam das eleições de 28 de outubro

 

 

Anderson Badaró, apresentador do Conexão Líder, da Rádio Líder FM, entrevistou com exclusividade os representantes dos dois candidatos ao cargo de governador de Minas Gerais, que será definido em segundo turno no dia 28 de outubro. Danilo de Castro, ex-secretário de Governo e representante de Antônio Anastasia (PSDB) na região, falou por telefone.

 

Anderson Badaró: Secretário, que balanço o senhor faz dessa eleição aqui em Minas, principalmente com essa ascensão do Romeu Zema, que de certa forma foi surpresa pra muita gente?

 

 

Danilo de Castro: Realmente foi uma grande surpresa a subida repentina do Zema, nos instantes finais da campanha. Eu acho que o ‘efeito Bolsonaro’ pesou, houve uma grande mudança. O eleitorado já exauriu um pouco os mandatos do PSDB e do PT, aqui em Minas. O Brasil tem uma nova esperança, arriscam sem conhecer os candidatos, as vezes são candidatos que não têm preparo. O Romeu Zema, por exemplo, no debate falou o que o eleitor queria ouvir, mas é uma pessoa que não tem nenhum conhecimento técnico e nunca administrou nada público. Mas estamos aí, lutando, Anastasia é muito forte, muito bom e a gente tem essa esperança boa agora no segundo turno de reverter isso, principalmente com a força do debate, em que o Anastasia poderá mostrar o eleitor todo seu conhecimento e preparo e dessa forma, o eleitor possa pensa melhor.

 

Como você vê nesse momento a forma em que o Anastasia deve apoiar? Existe uma tendência dele apoiar o Jair Bolsonaro. Você acha que foi uma falha e ele poderia ter assumido um compromisso com o Jair Bolsonaro? Isso poderia refletir positivamente?

 

Eu acho que a questão partidária e a questão de compromisso as vezes fala mais alto do que o próprio interesse. Talvez, estrategicamente, se ele não tivesse um compromisso partidário e moral com as pessoas, ele poderia ter usado esse artifício como muitos usam, mas ele é um homem de bem, manteve sua palavra e não votou. Mas agora acredito que ele irá declarar apoio ao Bolsonaro, sim! Porque a tendência do partido, é apoiar o Bolsonaro no segundo turno.

 

Quem também falou com exclusividade para o programa foi Leandro Groppo, assessor de marketing de Romeu Zema, candidato mais bem votado no primeiro turno e representante do Partido Novo.

 

Leandro, sua expectativa para segundo turno, em Minas Gerias, é de uma batalha intensa, pois sabemos da polaridade do PSDB. A gente sabe que o Anastasia tem uma grande força, mas ao mesmo tempo, essa curva ascendente do Zema. Na sua opinião, na política tudo pode acontecer?

 

 

Leandro Groppo: Já esperamos uma campanha de ataque muito forte, que é o que a antiga política costuma fazer. Se tá perdendo, eles vêm pra atacar. Então essas Fake News, principalmente em whatsapp, com certeza não vão demorar um dia pra começar, de inventarem coisas. Porque no primeiro turno, a gente ainda não era vidraça. O PT e o PSDB não nos enxergavam como ameaça, tanto que eles tentaram fazer a estratégia do voto útil. Hoje somos a grande ameaça! Já esperamos uma campanha de muitos ataques dos adversários. É o costume deles. Se realmente confirmar esse tipo de campanha, bem provável que será ruim pra eles. Mas estamos nos preparando, organizando uma batalha diferente, na medida do possível vamos fazer de tudo para que a voz que o eleitor deu no primeiro turno se concretize no segundo.

 

Você acha que o Romeu Zema irá assumir publicamente um apoio a Jair Bolsonaro? Será o palanque do Bolsonaro em Minas Gerais?

 

Ele já falou que não apoia o PT, não apoia ninguém de esquerda, então o Haddad, ele não irá apoiar! Quanto a declarar esse apoio, vai depender do diretório, partido, é uma decisão político- partidária, mas se a gente ver pelas pesquisas, tudo indica que tudo deve vir a acontecer, dependendo da decisão partidária.

 

Romeu Zema somou 43,73% dos votos, enquanto Antônio Anastasia teve 29,06%. Com isso, ambos decidem no segundo turno (28/10) quem será o novo governador do estado de Minas Gerais.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS