Secretaria do Meio Ambiente de Minas é alvo de operação contra fraude com ação em Ubá

31/10/2018

 

 

No dia 31 de outubro, uma fraude em licenciamentos ambientais concedidos por uma unidade da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Semad) na Zona da Mata, foi rompida em uma operação do Ministério Público, em parceria com as polícias Civil e Militar, envolvendo as cidades de Ubá, Cataguases e Viçosa. 

 

A operação denominada “Nematóide” teve investigação conduzida pela Promotoria de Defesa do Meio Ambiente de Ubá, além dos grupos de Combate a Organizações Criminosas (Gaeco), especial de Patrimônio Público (GEPP), Apoio Operacional (GOP) e Núcleo de Combate à Corrupção (NECC). As irregularidades foram constatadas na Supram Zona da Mata, vinculada à Semad, onde foi apurada a atuação de servidores para facilitar a concessão de licenças ambientais. 

Segundo o MP, todos os envolvidos atuaram para a concessão ou obtenção irregular de licenciamentos. Várias autuações deixaram de ser feitas e multas não foram aplicadas. Entre os crimes investigados estão prevaricação, corrupção passiva e ativa. 

Cinco pessoas foram presas, sendo dois advogados que já trabalharam na secretaria e dois concursados que permanecem atuando nela, além de um consultor ambiental. Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão. Durante a investigação, houve quebra de sigilo bancário e fiscal dos envolvidos e foi pedido o afastamento do cargo de um dos servidores da Supram. A Secretaria do Meio Ambiente foi procurada, mas até então não se manifestou
.

 

FONTE: (Portal do Estado de Minas).

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS