Feirão da Serasa, pela internet, renegocia dívidas com até 95% de desconto

19/11/2018

 

 

O Feirão “Limpa Nome da Serasa” já começou e agora, consumidores com contas em atraso junto a gigantes dos setores de varejo, telecomunicações, seguros e segmento financeiro, terão a oportunidade de renegociar suas dívidas com descontos de até 95%, até 1º de dezembro.

 

Feito exclusivamente pela internet, neste ano participam do Feirão empresas como Santander, Ipanema, Tribanco, Porto, Itaú, Claro, NET, CredSystem, Recovery e Vivo. Podem participar inclusive consumidores que não estão negativados, sendo possível negociar novas condições de pagamento para contas atrasadas.

“Todas as empresas do Feirão estão dispostas a negociar com o consumidor. Há vantagem: o banco, por exemplo, pode voltar a ter um cliente ativo”, contou a gerente do Serasa Consumidor, Joyce Carla. De acordo com ela, é mais comum que empresas concedam descontos maiores para dívidas mais recentes.

São 61,4 milhões de inadimplentes no Brasil, conforme dados de setembro da Serasa Experian. Minas responde por 9% do montante, o equivalente a 5,5 milhões de inadimplentes. Como o Estado tem 20,9 milhões de pessoas, os endividados representam um a cada quatro habitantes. Segundo a consultoria, cada negativado tem, em média, quatro dívidas, totalizando 4.462 reais. Ao todo, esses consumidores devem 268 bilhões de reais.

Para participar, o consumidor precisa acessar o site www.serasaconsumidor.com.br e se cadastrar na plataforma on-line, que funciona 24 horas por dia e possui tecnologia para proteger os dados. O interessado que estiver em dívida com alguma das empresas que participam do feirão, consegue imprimir um boleto a ser pago no banco, ou em casas lotéricas. As ofertas valem para pessoas que estão com uma parcela em atraso e, também, para quem já está com o nome incluído em algum dos órgãos de proteção ao crédito.

 

FONTE: (Portal Hoje em Dia).

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS