Anderson Badaró: a história da conexão entre o apresentador e a Líder FM

06/12/2018

 

 

Não há como falar de Rádio Líder FM e não lembrar de Anderson Badaró. A história do apresentador, músico e administrador mistura-se com a trajetória da emissora onde atua, com maestria, há mais de uma década. Em um papo para o jornal O Noticiário, ele contou como iniciou sua carreira, falou sobre o programa “Conexão Líder” e seu compromisso com a informação e ouvintes.

 

Badaró começou as atividades em 1994, na antiga TV Ubá como repórter, embora seja graduado em Administração de Empresas, com pós-graduação em Marketing, foi o mundo da comunicação que o encantou. Durante sua caminhada despertou o interesse por edição de imagens, câmera, produção e direção de programas. “Sempre quis me envolver em diversos setores da comunicação, por curiosidade e prazer em lidar nesta área”.

 

Ele relembra os tempos de escola, época em que já sabia que levava jeito para ser um comunicador. “Desde muito jovem, no período escolar, sempre era escalado para fazer leituras na 'hora cívica', também fazia apresentações amadoras em programas de rádio sobre música. Aos 15 anos já escrevia e editava fanzines musicais (pequenas revistas xerocadas, vendidas ou trocadas pelo correio)”.

 

Anderson conta, ainda, uma das surpresas que atravessaram seu caminho nesse tempo. “Lembro-me que certa vez, quando eu estudava na Escola de Aplicação e fazia o terceiro ano, estava passando pela praça São Januário e avistei um garoto que distribuía panfletos que diziam : 'venha fazer um teste para a TV Ubá'. Após algum tempo fui lá e fiz, posteriormente, fui contratado como o primeiro repórter dessa TV. Daí em diante, estudei e fui desenvolvendo os trabalhos”.

 

 

Badaró foi um dos fundadores da rádio Líder FM, no ano de 2006, ficando fora da emissora por um breve período, entre 2014 e 2016. Atualmente ele está no comando do “Conexão Líder”, da rádio onde atua há exatos 13 anos. O apresentador trata de uma variedade de temas, trazendo debates, entrevistas e reportagens sobre os assuntos mais relevantes do momento.

 

Há cerca de dois anos no ar, o programa destaca-se pela prestação de serviços. “É um programa que se dispõe a apresentar os principais fatos de Ubá e região, com grande ênfase em notícias 'quentes', factuais, com flashs ao vivo, entrevistas, utilidade pública, mas mesclando com entretenimento e cultura. Sempre mantendo nossa opinião em comentários e interatividade com o público, abrindo espaço ao debate dos temas de interesse da nossa população, visto que a finalidade é informar, entreter, tentar buscar soluções junto à comunidade, poder público, iniciativa privada, associações e ongs. Além disso, temos compromisso com empresas parceiras, oferecendo-lhes oportunidade para divulgarem suas marcas, produtos e serviços”, relata.

 

____________________________________________________________________

“Tentamos ser a ponte ou um meio para o entendimento dos ouvintes, utilizando a informação e a  comunicação”.

___________________________________________________________________

 

Para a execução do programa, o comunicador conta com o apoio de jornalistas da região. “A equipe é composta pela produtora Roberta Barros, que faz a redação, produção e reportagens, além de apresentação junto comigo. Thiago Freitas faz a sonoplastia, edição das matérias e também participa da apresentação. O repórter Luís Carlos colabora na produção e faz as reportagens externas, flashs ao vivo e entrevistas e eu faço a direção, apresentação, cuido da parte comercial e executiva”.

 

O "Conexão Líder" vai ao ar de segunda-feira a sábado, das 11:45 às 13 horas, sendo uma opção de noticiário no horário de almoço dos ouvintes de Ubá e região. Trazendo notícias, reportagens e participação direto das ruas, além de convidados ao vivo, o que tem sido o fomento do programa, que estreou em  20 de dezembro de 2016 e conquistou seu espaço no rádio local. “Foi um desafio que só aconteceu graças ao apoio e incentivo do meu amigo Fabiano Fusaro, que havia assumido a direção da rádio Líder FM. Nós já tínhamos uma parceria antiga no jornal 'O Notíciário' e devido a experiência que já havia adquirido na comunicação, resolvemos iniciar esse projeto, juntamente com Roberta Barros, Luís Carlos e Thiago Freitas, que são amigos e pessoas que trabalham comigo há mais de 15 anos, em outros programas”.

 

O apresentador comenta sobre o diferencial do "Conexão" e conta o segredo do sucesso. “A leveza e o bom humor fazem contraponto a assuntos sérios e às vezes pesados. A credibilidade conquistada durante anos faz com que possamos utilizar esta fórmula e isso tem atraído a atenção das pessoas que gostam desta forma de comunicação simples e direta, com grande variedade de assuntos, apresentação dinâmica e muitas participações”. Ele ressalta: “[...] hoje em dia, com as novas tecnologias, a comunicação está muito mais dinâmica, ágil. Nossos ouvintes participam diretamente do programa através do whatsapp, este inclusive é nosso termômetro sobre pautas, ações e metas. Todos os dias recebemos diversas mensagens de texto e áudio, muitos querem opinar, participar e colaborar com o programa”.

 

Segundo Badaró, seu foco não está na função de locutor ou apresentador e não segue padrões ou técnicas. “Minha preocupação maior é com a notícia, o envolvimento com o público, ou a forma de apresentar de uma maneira clara. Sendo assim, o jeito coloquial de se passar a mensagem muitas vezes funciona melhor do que se fosse seguindo fórmulas pré-estabelecidas, que podem engessar o processo”, relata.

 

Ele, que está com 44 anos, conta como é a interação com seus companheiros de trabalho, enfatizando sua realização pessoal mediante o ofício que executa. “Sou muito grato a todos amigos do Grupo UM de Comunicação pela parceria, aos companheiros do 'Conexão Líder' pela luta diária, aos ouvintes pela audiência. Me sinto feliz realizando este trabalho. Queremos melhorar sempre e nos manter como instrumentos para a transformação, para a divulgação de ideias, mensagens e sonhos”.

 

O apresentador finaliza dando dicas a quem deseja entrar para “o mundo do rádio” e fala sobre a importância do compromisso com a informação e com os espectadores. “Se você gosta de verdade, faça! Mas é pra fazer mesmo, colocar a mão na massa, não fique esperando oportunidades de contos de fada. Faça e crie seu espaço. Tem que gostar, ter visão empreendedora, não ficar dependendo de 'cargos e salários', é preciso entender como a engrenagem funciona, saber o que está fazendo, por que está fazendo, evitar a vaidade e deslumbramento, conversar muito, ter paciência, ir a campo, sujar os pés na lama, na poeira, pegar chuva, viver experiências reais, sair da frente do computador e  buscar situações, escrever suas matérias com paixão”.

 

 (FOTOS: arquivo pessoal de Badaró).

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS