Primeiro LIRAa de 2019 aponta o resultado de “Alto Risco”

22/01/2019

 

O primeiro LIRAa (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti) realizado no ano, contabilizado do dia 07 ao 11 de janeiro, aponto o índice 7,4%, considerado como “Alto Risco” para o surto de doenças transmitidas pelo mosquito.

 

“Infelizmente, mais uma vez constatamos através deste levantamento que mais de 80% dos focos estão dentro dos imóveis, podendo facilmente ser evitados ou eliminados pelo próprio responsável. Os principais foram os reservatórios e caixas d’água que representaram 29.6% deles. Já os depósitos móveis (vasos de plantas, bebedouros de animais ou vasilhas) representaram 25,4%, depósitos fixos como sanitários e ralos foram 19,7%. O lixo descartado de maneira incorreta representou 18,5%, pneus 6,3% e bromélias 0,5%. Ou seja, a população precisa aderir a esta luta e investir 10 minutos por semana em vistoriar sua casa para eliminar os focos existentes”, afirma João de Souza Lima, Coordenador da Seção de Controle de Zoonoses do município em comunicado ao site oficial da Prefeitura de Ubá.

 

A Secretaria de Saúde age com ações intensificadas, como a Gincana Ambiental, que arrecadou 49 toneladas de materiais que poderiam acumular água e a contratação de novos Agentes de Combate às Endemias.

 

Outro facilitador no combate ao mosquito terá início neste sábado, dia 26 de janeiro, com um mutirão de limpeza com o intuito de recolher ao máximo os materiais criadouros do Aedes. A ação, que conta com o apoio de RECICLAU, ADUBAR e com as Secretarias: Secretaria Municipal do Ambiente e Mobilidade Urbana e Secretaria Municipal de Obras, dará prioridade aos locais com maior número de casos notificados.

 

(FONTE: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Ubá).

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now