De Minas a Vitória a bordo do trem da Vale

10/07/2019

Em funcionamento desde 1907, a Estrada de Ferro Vitória Minas (EFVM) é o único trem de passageiros diário no Brasil. Liga Belo Horizonte a Vitória no Espírito Santo. O trem transporta por ano, uma média de 1 milhão de passageiros com conforto e segurança. Mais do que um meio de transporte o trem é o caminho ideal para quem quer se livrar dos engarrafamentos e das curvas perigosas da BR 262 para turismo ou negócios. Não só por isso, mas os amantes da natureza adoram viajar nesse trem. Além de passar por cidades históricas como as que estão as margens do Rio Piracicaba e Rio Doce, o viajante pode contemplar ao longo da viagem, paisagens deslumbrantes de Minas Gerais e do Espírito Santo.  


Desde 2014, o antigo trem foi desativado e funciona hoje um novo, importado da Europa com 56 carros sendo 10 na classe executiva e 30 na classe econômica, além do vagão restaurante, lanchonete, gerador e vagão exclusivo para portadores de necessidades especiais – cadeirante e pessoas com dificuldade de locomoção). O trem possui ainda serviço de bordo em todos os ambientes, wi-fi, TV, tomada para recarga de celular e as cadeiras tem mesinhas para colocar os notebooks.Há serviço de bordo em todos os ambientes a disposição dos passageiros com café da manhã, almoço e jantar com preço atrativo e cardápio variado. 

 

 

São cerca de 13 horas de viagem, num percurso de 664 km sobre trilhos. Ao longo do percurso são 30 paradas. Mas são paradas somente embarque e desembarque de passageiros, já que o itinerário é fixo e há horário a ser cumprido. Mas quem viaja nem se incomoda com esse tempo todo porque a viagem é agradável, com belas paisagens, vistas espetaculares, rios, montanhas, matas nativas que fazem o tempo voar. Além disso tem a segurança. Não há nenhum acidente registrado nesse com esse trem pela Vale, e claro, nenhum engarrafamento.

 

Horários


Todos os dias, dois trens de passageiros circulam pela EFVM: um sai de Cariacica, na Região Metropolitana de Vitória (ES), às 7h, e chega a Belo Horizonte (MG), às 20h10. O outro parte da capital mineira às 7h30 e encerra a viagem às 20h30. A EFVM dispõe de um serviço adicional que faz o percurso entre as cidades de Itabira e Nova Era, ambas em Minas, e faz conexão com os dois trens da linha principal.


Passagem


A passagem na classe econômica entre Belo Horizonte e Vitória é R$73,00 na Classe Econômica. Na classe executiva, o valor é R$105,00 (valores sujeitos a alterações) Quem precisar de informações sobre os valores entre outras estações, já que toda a estrada de ferro conta com 30 terminais, pode consultar os canais de atendimento da Vale, como o Alô Ferrovias (0800-285-7000) e (0800 021 9934). Além de poder comprar passagens em mais de 30 pontos ao longo da linha, o passageiro pode adquirir bilhetes pela internet, por meio de cartão de crédito. A compra pode ser feita com até 60 dias antes da data da viagem. Para isso, é preciso entrar no link da Estrada de Ferro Vitória a Minas pelo endereço eletrônico www.vale.com/tremdepassageirosefvm Após fazer a compra online, quando for embarcar o passageiro deverá apresentar o comprovante na estação de embarque para receber o bilhete.

 

 

Diferença entre o Vagão Econômico e Executivo

(segundo informações do site da Vale)

 

CLASSE ECONÔMICA
- Poltronas ergonômicas com acionamento mecânico
- Tomadas elétricas individuais nas paredes
- Monitores de vídeo

 

CLASSE EXECUTIVA
- Poltronas mais largas e reclináveis com acionamento pneumático
- Som e iluminação individuais
- Sistema de som individual com três opções de canais
- Descanso de pés
- Tomadas individuais

 

Fonte : Site da Vale e Jornal O Estado de Minas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS