Quartas de final do Regional – nenhuma vitória e nenhuma vantagem para os jogos de volta

15/10/2019

 

O número quatro reinou no final de semana do futebol regional. Quartas de final, quatro jogos, quatro empates, um insano por 4x4 e total incerteza sobre os quatro semifinalistas do Campeonato Regional da Liga Atlética Ubaense.

 

No jogo da manhã o Bandeirante recebeu o Itararé no Estádio Centenário. Um público relativamente bom viu o Verdão abrir 1 a 0 com Accioli, mas depois se retrair e deixar o maior campeão da competição vir para cima. Ainda no primeiro tempo o Tubarão empatou o jogo com Willian Chrispim, mas sentiu muito as ausências do lateral Quaresma e dos meias Kauer e Maradona. Os dois times cansaram com o forte sol e pouco criaram na segunda etapa, deixando absolutamente tudo em aberto para o próximo domingo (20/10), às 10h30, no Estádio João Lopes Quatorze Voltas, em Tocantins.

 

Às 14 horas foi a vez de mais um clássico, também em Ubá, mas desta vez no Estádio Silvio Braga, onde o Bonsucesso reencontrou o Aymorés, agora pelo mata a mata. Jogo morno, público mais baixo do que o esperado e 0 a 0 no placar, também deixando tudo para o Estádio Afonso de Carvalho, também no próximo domingo, às 14h30. Destaque para a contratação de Vinícius Pacheco (pelo Bonsucesso), ex Flamengo, Grêmio e Volta Redonda, que ao lado de Ibson, pouco tocou na bola.

 

Voltando ao Estádio Centenário às 16 horas, outro encontro de peso marcou Diamantense e Industrial. Com muito mais público que no jogo da manhã, destaque para a torcida do time de Diamante, que lotou o seu lado da arquibancada e cantou muito durante os 90 minutos. Dentro de campo o Indu pouco criou e também pouco foi assustado. 0 a 0 no placar e jogo a ser definido também na próxima semana, às 16:00, no Francisco Parma.

 

Finalizando, para muitos o melhor jogo do campeonato até o momento. Nacional de Visconde do Rio recebeu o líder geral e atual campeão Portuense, no Joseph Lambert. O time de Astolfo Dutra assumiu o protagonismo e fez 3 a 0 ainda no primeiro tempo, o que praticamente sacramentaria a sua classificação à próxima fase caso o NAC não reagisse. Mas camisa pesa e o tradicional time de VRB conseguiu forças para empatar, 3x3, com ainda tempo para jogo. O Portuense ampliou para 4 a 3, mas o Nacional não se entregou e empatou novamente a partida, sacramentando um 4 a 4 impressionante e que deixa a expectativa ainda maior para um grande jogo de volta no Olyntho Almada às 15 horas em Astolfo Dutra.

 

Para todos os jogos de volta os ingressos antecipados seguem a R$15,00, sendo R$20,00 nas respectivas portarias.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now