Ubá se torna “Capital Estadual da Indústria Moveleira”

22/11/2019

  

Ubá recebeu nesta semana o título de “Capital Estadual da Indústria Moveleira”. O título foi dado por meio de um Projeto de Lei (515/2019) de autoria do deputado Coronel Henrique (PSL).

 

Áureo Calçado Barbosa, presidente do Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá (Intersind), foi enfático sobre a importância desse reconhecimento. “Nós, empresários e colaboradores da indústria do mobiliário de Ubá e região, recebemos esse título como um presente de natal”, disse ao portal eMóbile.

 

Para o presidente, esse título é o reconhecimento da relevância econômica do polo moveleiro. “O título vem retratar e reconhecer todo o empenho de nós, empresários e colaboradores da indústria moveleira de nossa cidade e região, ao longo dos últimos 70 anos. Todos nós, ubaenses, ficamos orgulhosos por esse dia, e queremos deixar aqui nosso agradecimento ao Deputado Estadual Cel. Henrique que abraçou nossa causa e acreditou que isso seria possível”, afirmou.

 

Barbosa ainda frisou a importância da atuação política no aperfeiçoamento das atividades exercidas no município. “Temos trabalhado em sincronia com as secretarias estaduais e temos sido muito bem recebidos pela equipe do nosso governador Romeu Zema (Novo)”.

 

No entanto, ele reconhece que as dificuldades econômicas vividas pelo estado de Minas Gerais podem dificultar possíveis investimentos. “Temos a consciência das dificuldades financeiras e organizacionais que o governo atual encontrou, por conta de feitos do passado, mas, nem por isso, deixaremos de trabalhar em conjunto por melhores dias, buscando, por exemplo, apoio para nossas indústrias e nossa microrregião. Temos a certeza de que seremos levados em consideração. Não queremos nenhum privilégio, queremos equilíbrio e reconhecimento pelo nosso papel na sociedade enquanto geradores de emprego e renda”, explicou.

 

Voto contra


Durante o debate do projeto, ainda na fase em que estava na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a deputada Laura Serrano (Novo) se mostrou contrária ao Projeto de Lei. A parlamentar argumentou que a cidade de Ubá já é reconhecida como um polo moveleiro importante e que esse título não precisaria ser dado em forma de lei.

 

 

Texto: Everton Lima - Portal eMobile

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS