Sobe para 54 o número de mortes causadas pela chuva em Minas Gerais

29/01/2020

 

Corpo de mulher desaparecida em cratera aberta pela chuva na rodovia MG 133, em Tabuleiro, é encontrado e aumenta para 54 o número de vítimas fatais em decorrência da chuva em todo o estado.

 

A mulher de 36 anos que foi arrastada pela força das águas em Tabuleiro, na Zona da Mata, foi encontrada nesta quarta-feira (24) por militares do Corpo de Bombeiros. Ela estava em um carro que foi engolido por uma cratera na MG-133 e, até então, era dada como desaparecida. 

 

De acordo com a Defesa Civil de Tabuleiro, sob o asfalto havia uma galeria pluvial que não comportou o volume da chuva. Uma cratera de 15 metros acabou se abrindo e engolindo dois caminhões e dois carros, sendo que em um deles estava a vítima.

 

Segundo as autoridades locais uma das causas poderia ser o rompimento de um açude, mas não há confirmação.

 

Ainda conforme os militares, as buscas atravessaram a madrugada e o corpo foi localizado a cerca de um quilômetro da cratera. A vítima estava no carro junto como marido. Ele teria dito aos militares que ela não sabia nadar e foi levada pela correnteza.

 

Outras seis pessoas, que estavam nos veículos, sofreram ferimentos e foram levadas para hospitais em Ubá, Rio Pomba e Juiz de Fora.

 

No final da manhã, máquinas já trabalhavam no local para desobstruir a galeria. No entanto, a MG-133 segue completamente interditada na altura do quilômetro 21.

 

(FONTE: Portal Hoje em Dia)

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS