Tocantins é a 2ª cidade de Minas Gerais com mais casos prováveis de dengue

05/02/2020

 

O município de Tocantins ocupa a 2° posição em Minas Gerais com mais casos prováveis de dengue em 2020. Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), publicado nesta terça-feira (4), a cidade registrou 407 notificações.

 

De acordo com o levantamento, 35 cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes registraram 767 casos prováveis da doença no início deste ano. (Veja abaixo o levantamento)

 

Consta também no boletim, que a morte por suspeita de dengue em Além Paraíba segue em investigação. Além disso, o município de Juiz de Fora contabiliza três casos de dengue com sinais de alarme - os sintomas são dor abdominal intensa e contínua; vômitos persistentes e outros sintomas.

 

O Estado de Minas Gerais registrou 6.988 casos prováveis em 2020 e cinco óbitos permanecem em apuração.

 

Dados

 

Além de ocupar a 2° posição no número de casos prováveis em Minas Gerais, a cidade de Tocantins, ocupa o 1° lugar na Zona da Mata e Campo das Vertentes com 407 notificações da doença neste ano.

 

Em segundo entre as regiões, aparece o município de Rodeiro, com 106 registros. Em seguida estão: Ubá (73), Visconde do Rio Branco (46), Astolfo Dutra (26), Rio Pomba (16) e Juiz de Fora (9). Veja a situação em algumas cidades da região em 2020.

 

 

 

 

Força Tarefa em Tocantins

 

No dia 29 de janeiro, o G1 mostrou que uma Força Tarefa Estadual iniciou uma série de ações para ampliar e fortalecer o combate à dengue em Tocantins.

 

  • Força Tarefa Estadual amplia ações de combate à dengue em Tocantins, MG

 

Conforme a SES-MG, fazem parte da Força Tarefa um grupo formado por 13 agentes de endemias. Eles se juntaram aos 26 profissionais da Prefeitura no trabalho de eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti.

 

O trabalho tem previsão de durar até o dia 7 de fevereiro e tem o objetivo de percorrer todos os bairros com visitas domiciliares, fazer a retirada de possíveis criadouros do mosquito e mobilizar as comunidades.

 

Incidência

 

No Boletim Epidemiológico, consta que o município de Tocantins apresenta uma incidência muito alta e, com isso, ocupa o segundo lugar em Minas Gerais, com índice de 2.541,9.

 

Outra cidade da região com incidência muito alta é Rodeiro, com 1339,0. O município aparece na sétima posição no Estado.

 

A estratificação dos valores utilizados pela SES-MG contribui para avaliação, planejamento e orientação das medidas de controle vetorial e ações de vigilância em saúde.

 

  • incidência baixa: menos de 100 casos prováveis por 100.000 habitantes;

  • incidência média: 100 a 299 casos prováveis por 100.000 habitantes;

  • incidência alta: de 300 a 499 casos prováveis por 100.000 habitantes;

  • incidência muito alta: mais de 500 casos prováveis por 100.000 habitantes.

 

Segundo o boletim do Estado, a taxa de incidência estima risco de ocorrência da dengue em uma determinada população em intervalo de tempo também determinado e a população exposta ao risco de adquirir a doença.

 

Chikungunya

 

De acordo com a SES-MG em 2020 já foram coletadas 475 amostras para o teste de chikungunya e apenas 32 foram reagentes. Na região, a cidade de Ubá registrou três casos, dois em Tocantins, um em Além Paraíba, Juiz de Fora e Muriaé.

 

(FONTE: G1 Zona da Mata)

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS