Vice prefeito publica nota de repúdio a ataques no Facebook

03/03/2020

 

O vice prefeito de Ubá, Vinícius Samôr de Lacerda, usou sua conta pessoal no Facebook nesta segunda, 2 de março, para repudiar ataques que, segundo ele, estariam acontecendo através de perfis usados por grupos políticos. Segundo Vinícius os ataques estariam sendo publicados na rede social disfarçados de denúncias com o objetivo de "manipular a opinião pública com mentira". Ainda segundo o vice prefeito, que acumula o cargo de Secretário Municipal, as mensagens estão sendo encaminhadas para a Justiça e medidas estariam sendo tomadas.

 

Confira abaixo, na íntegra, a postagem do Vice Prefeito.

 

 

"Esperei passar uns dias para um desabafo. Não falo apenas como vice-prefeito, cargo que ocupo até 31 de dezembro. Também não apenas como secretário municipal, cargos que acumulei para economizar mais de 1 milhão de reais para a Prefeitura de Ubá (medida esta nunca antes assumida por um vice-prefeito). Nem como professor de filosofia que sou, por formação e paixão, e nem como empresário há mais de 8 anos com empresa registrada no ramo de cursos e consultoria. Falo sim como cidadão, assim como você que lê essa mensagem, e que tem seus direitos e deveres.

 

Tenho sofrido ataques constantes de um "grupo político" em suas redes sociais, com mentiras, calúnias e difamações. Primeiro, informo que as providências foram tomadas e todas as mensagens já estão sendo encaminhadas para a justiça pois, como diz o ditado, "quem não deve, não teme".


Através de perfis no Facebook, esse "grupo" vem postando e compartilhando mentiras disfarçadas de "denúncias" a meu respeito. Todas infundadas, maldosas e caluniosas, relacionadas ao carnaval e as chuvas. É tão covarde que não me marcam nas postagens, e me bloqueiam para que eu não consiga responder e desmascarar suas farsas. Infelizmente, em ano eleitoral, usam de hipocrisia, sensacionalismo e demagogia na tentativa de se promover. Espero, sinceramente, que algum dia essas pessoas tenham a iniciativa de fazer algo realmente produtivo para a cidade e não apenas ficar criticando por criticar, tentando manipular a opinião pública com mentira, dentre outras coisas negativas a mais. 


Para que não sobrem dúvidas, reafirmo àqueles que ainda confundem a nossa vida pública com a privada: A iniciativa de fundar a Escola de Samba União Rio Minas foi particular, e corresponde a minha vida privada, através de um grupo de amigos. Nada tem a ver com a Prefeitura. Em caso de dúvidas, estou à disposição para esclarecimentos."

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now