Exercício ao ar livre exige distância mínima de 20 metros; entenda

13/04/2020

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam manter uma distância de dois metros de outras pessoas durante o período de isolamento ou distanciamento social para evitar o contágio por gotículas que contenham coronavírus, causador da Covid-19. Mas um estudo feito em parceria por engenheiros belgas e holandeses da Eindhoven University of Technology e outras instituições concluiu que esse cálculo só vale para corpos parados. Quando em movimento, a distância necessária é bem maior: pelo menos quatro ou cinco metros em simples caminhadas, dez metros em corridas e pedaladas em ritmo moderado e simplesmente 20 metros em corridas e pedaladas em ritmo intenso.

 

 

A conclusão foi feita após a análise aerodinâmica de simulações do curso das gotículas de saliva quando dispersadas por um corpo em movimento, juntamente com o cálculo do tempo de aproximação de outra pessoa também em movimento. A distância deve ser maior para que não se ande, corra ou pedale diretamente para dentro do fluxo das gotículas contaminadas. Para o médico infectologista Leonardo Weissmann, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas e assessor da diretoria da Sociedade Brasileira de Infectologia, esse estudo só reforça a recomendação de se exercitar em casa, não na rua, até o período crítico passar.

 

Distância segura entre duas pessoas para evitar contaminação por coronavírus:

 

  • Parados - 2 metros

  • Caminhando - 4 a 5 metros

  • Correndo ou pedalando em ritmo moderado - 10 metros

  • Correndo ou pedalando em ritmo intenso - 20 metros

 

Com informações de Globoesporte.com

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now