Setor de Imunização alerta para conferência do cartão de vacinas para evitar filas

19/01/2017

O Setor de Imunização da Secretaria de Saúde solicita que a população confira o cartão de vacinas antes de ir à uma unidade de saúde. O aumento da procura da vacina contra febre amarela tem causado transtornos nos postos de vacinação, como é o caso da policlínica, em que, na última terça-feira, pacientes chegaram a ficar na fila cerca de uma hora e quarenta minutos sem necessidade.

 

A responsável pelo Setor de Imunização, Andiara Marcelo, explica que um dos motivos da demora é que muitas pessoas estão enfrentando fila sem a necessidade de tomar a vacina. Quem tomou a primeira dose da vacina contra febre amarela há menos de dez anos por exemplo, ainda não precisa ser revacinado. Além disso, todas as pessoas que já tomaram a vacina duas vezes ao longo da vida, também não precisam ser revacinadas.

 

Ela ainda alerta que a vacinação contra a febre amarela não é uma campanha e sim uma rotina. Como em Ubá o último caso de febre amarela ocorreu em 2009, a vacinação não ocorre em caráter de urgência, mas é necessário conferir o cartão de vacinas, para manter o documento em dia.

 

A preferência é para caminhoneiros, que vão viajar para a região onde está ocorrendo o surto por exemplo, mas é importante que todo mundo tenha e leve o cartão de vacinação há algum posto de atendimento para que ele seja atualizado, caso a vacina contra febre amarela ou alguma outra do calendário não esteja em dia”, explicou.

 

Para tomar a vacina contra febre amarela ou qualquer outra do calendário de vacinação é necessário que a pessoa leve até a unidade de saúde o cartão de vacinação, o cartão do SUS e documento de identidade com foto.

 

Nos postos de saúde dos bairros a vacinação está acontecendo duas vezes por semana, de acordo com a agenda de cada posto, enquanto na policlínica a vacina está sendo aplicada durante todos os dias da semana.

 

Confira a agenda de cada unidade:

 

 

 

 

OBS: Os atendimentos da parte da manhã acontecem  no horário de 8 às 12 horas e na parte da tarde de 11 às 15 horas.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Destaque
Please reload

Últimas
Please reload

Facebook

JORNAL O NOTICIÁRIO © 2016 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS