Segunda, 06 de Julho de 2020
32 99903-0180
Esportes Campeonato Carioca

Arbitral sugere datas, e Bangu e Flamengo esperam aval do governo para iniciar volta do Carioca na quinta

Fluminense e Botafogo mantêm posição contrária ao retorno imediato de partidas sem público. Tricolor antecipa ação na Justiça. Botafogo deve seguir mesmo rumo

16/06/2020 16h39
108
Por: Redação Fonte: Globoesporte
Rubens Lopes, presidente da Ferj, é a favor da retomada dos jogos — Foto: Divulgação/Ferj
Rubens Lopes, presidente da Ferj, é a favor da retomada dos jogos — Foto: Divulgação/Ferj

O arbitral da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) ainda não marcou, pois espera aval das autoridades. Mas definiu as datas para o retorno dos jogos sem público do Campeonato Carioca - paralisado desde 16 de março por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em reunião virtual que iniciou no final da tarde de segunda-feira e terminou na madrugada de terça-feira, dirigentes da entidade e de clubes apontaram possibilidades enquanto aguardam a aprovação por parte de autoridades governamentais e sanitárias do protocolo Jogo Seguro.

Por votação da maioria, a recomendação de Rubens Lopes, presidente da Ferj, de retomar as partidas a partir de sábado (20 de junho), foi aprovada. Porém, esta posição teve um adendo: os clubes que entrassem em acordo, poderiam antecipar em até dois dias. Desta forma, Bangu e Flamengo, duas das primeiras equipes que voltaram a treinar, toparam se enfrentar na quinta-feira (18 de junho). Este, portanto, seria o primeiro duelo a ser disputado da quarta rodada da Taça Rio.

Rodrigo Dunshee de Abranches, vice geral e da do Flamengo, comemorou a decisão em uma rede social. O Flamengo foi representado na reunião pelo diretor de futebol Bruno Spindel e Cacau Cotta.

A decisão, porém, está longe de selar entendimento. Botafogo e Fluminense, que se mantiveram contrários ao retorno imediato, defenderam que a bola rolasse somente em julho, o que daria mais tempo para redução do número de mortos. Mas foram votos vencidos.

Como ainda não concluíram os testes para a Covid-19, algo exigido pelo protocolo médico, e tampouco retomaram treinos presenciais, pela proposta aprovada, jogariam um pouco mais tarde. Com a primeira partida no dia 22. A se confirmar a obrigatoriedade de jogar sem preparação adequada, não descartam recorrer a instâncias da Justiça Desportiva e até mesmo da Justiça Comum.

- Como as datas marcadas (22 e 24) para o retorno dos nossos jogos são inaceitáveis, do ponto de vista da saúde de nossos atletas, não vamos a campo e vamos buscar as medidas na justiça desportiva para fazer valer o que é certo, já que se trata de um estado de calamidade pública - disse Mário.

- Acionei o Departamento Jurídico assim que acabou o Arbitral. O Botafogo vai buscar defender os seus interesses caso as datas apresentadas sejam confirmadas. O futebol impacta sobremaneira a vida das pessoas e a mensagem para a sociedade que se deveria passar, nesse momento, não é de competição ou disputas - acrescentou Mufarrej.

A Ferj ainda tem esperança de chegar a consenso na continuação da reunião, nesta terça-feira, às 20h. Uma nova data pode ser encontrada para a dupla insatisfeita.

Como toda a tabela não foi definida, o arbitral foi remarcado para esta terça. A partir das 20h, a reunião terá continuidade.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Arena Líder
Sobre Arena Líder
Tudo sobre o esporte de um jeito que você nunca viu
Ubá - MG
Atualizado às 16h55 - Fonte: Climatempo
27°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 27°

28° Sensação
6.5 km/h Vento
56.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (07/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 27°

Sol com algumas nuvens
Quarta (08/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias